Isabelino (1830 D.C - 1909 D.C)

O estilo surgiu durante o reinado de Isabel II de Espanha e divide-se em três períodos o período da “rainha governadora” (primeira fase), o segundo período que corresponde à primeira etapa do reinado de Isabel II propriamente dito e a terceira fase que corresponde ao período do estilo segundo Império Francês e ao estilo Vitoriano e que vai até o fim de seu reinado.

O estilo emprega desde materiais tradicionais como a Caoba, mas também o Pau-santo por ser uma madeira dura, com uma venação interessante e com uma coloração que varia do amarelo ao castanho que passou a ser muito utilizado.

A rainha Isabel II ficou órfã de pai aos três anos e aos dez ficou longe de sua mãe e com aos treze assume o reinado, aos dezesseis casa-se com Francisco de Asis e aos trinta e oito é destronada.

Seu mobiliário atualmente ganhou muita notoriedade devido a sua importância perante o século XIX e pelo forte trabalho de marchetaria empregado frente ao bronze.

O mobiliário é produzido com linhas retas, com uma simplicidade que possibilita a construção de grande móvel de aspecto cúbico e sólida robustez.

Os pés do mobiliário voltaram ao estilo Luis XVI, enquanto que os braços ganham formas curvas que se assemelham a cisnes e criaturas fantásticas.

A fabricação de móveis se torna mais barata devido à industrialização, com isso os sofás e as camas são em formato gôndola e mais uma vez os pés do estilo Império retorna outras opções de pés são usados em outros mobiliários como o único pé central, que ganhou formas poligonais ou curvaturas, os consoles também são esculpidos e mais uma vez as curvas são recuperadas.

O reinado de Isabel II foi marcado pela perna Cabriolet dos móveis no estilo Boullé, tendo aplicações de bronze, porém pouco a pouco se preferirá a marchetaria como recurso para substituição do apliques de bronze.